22 dezembro 2014

De olho em 2016, Nokia mostra C1, seu protótipo de smartphone Android


Cazuza morreu em 1990, mas nos deixou como legado uma frase tão simples quanto verídica: o tempo não para. Eis que 2014 já está no seu ocaso, 2015 vem chegando com tudo e a Nokia já está de olho em 2016. 

Por causa do acordo feito com a Microsoft quando da venda de sua unidade de telefonia móvel, a Nokia se obrigou a não fabricar smartphones até 2016, sendo liberada, porém, para lançar dumbphones.


A empresa, porém, sabe que sua marca é muito bem vista pelo público, e por isso tem procurado se manter na cabeça de seus consumidores. Por este motivo, vem trabalhando forte no HERE maps e lançou, no mês passado, o tablet N1, com Android Lollipop.

Nokia N1: muito mimimi de que seria cópia do iPad Mini.


E hoje apareceram imagens de um telefone, que pode vir a ser o C1, o primeiro smartphone android lançado pela companhia após o acordo com a Microsoft.

Nokia C1: plausível (Mythbusters feelings)

Nokia C1: menos plausível, a meu ver.

Claro, por enquanto estamos falando apenas de rumores e imagens vazadas na net, mas vocês podem perceber que uma das imagens traz um aparelho que até lembra o tablet N1.

Diz a lenda que o C1 rodará Android 5.0 (por enquanto, mas vai saber em que versão estaremos em 2016!) e contará com o Nokia Z Launcher. Se isso é bom ou ruim, só o tempo dirá.

Outros rumores falam de tela de 5 polegadas, processador intel, pelo menos 2GB de memória RAM e 32GB de armazenamento interno (expansíveis via micro SD? oremos.), com câmera traseira de 8 megapixels e frontal de 5, tudo isto supostamente fabricado pela Foxconn.

São muitos supositórios, mas marketing do bom é assim: mantém a expectativa do público em alta, mesmo que não exista nada de concreto.

Via, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário