18 dezembro 2014

Suspeita de fraude nas vendas de iPhones no Canadá

Sabe o Canadá, aquele país ao norte dos EUA, que os americanos adoram zoar nos Simpsons e em diversas comédias?

Pois é, mas a Apple acaba de descobrir, da pior maneira, que os canadenses podem até parecer, mas não têm nada de bobos!


A Apple faz o que quer. No Brasil, os preços são pra lá de desonestos - inclusive muito mais que em outros países da América Latrina.

Eles resolveram sacanear até a mãe Rússia nesta semana, suspendendo as vendas para não perder dinheiro por causa da queda do Rublo. Pode isso, Camarada Stalin?

Enquanto isso, o Canadá tava lá quietinho, igual mineiro, só de butuca e, de repente...créu!

O Tribunal Federal do Canadá resolveu, hoje, determinar à subsidiária canadense da Apple a entrega de documentos à Secretaria de Competição (vulgo antitruste) para investigar se a empresa tem usado injustamente sua força no mercado para alavancar as vendas de novos iPhones!


De acordo com o Tribunal, a Secretaria encontrou indícios de que a Apple teria assinado acordos com empresas de telefonia móvel e incentivado redes varejistas para inflar os preços de aparelhos concorrentes do iPhone(!!!!) para ajudar a alavancar suas vendas!

A empresa teria, desta forma, abusado de seu poder de barganha, por ser uma gigante do mercado. A ordem, que deverá ser assinada ainda hoje, concederá à Apple o prazo de 90 dias para entregar os documentos referentes a todos os acordos firmados com operadoras móveis no país à Secretaria.

Resta saber se Tostines é fresquinho porque vende mais ou se vende mais porque é fresquinho a Apple joga este jogo há muito tempo e por isso se tornou gigante nos celulares ou se foi por se tornar gigante que aprendeu a jogar este jogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário